ClipaTec Informática

Receba novidades por e-mail. Digite seu e-mail abaixo e clique no botão "Cadastrar"

Delivered by FeedBurner

14 de setembro de 2010

Arquitetura Aberta e Proprietária

arquiteturas
Arquitetura de computadores


Quando vamos à uma determinada loja de informática para comprar um computador, não é comum comprarmos peça por peça. As vezes por não ter um conhecimento sobre esta parte. Isso é comum em técnicos que entendem a área de Hardware, que pretendem montar seu próprio microcomputador iniciando do zero.

Ao comprar um computador, escolhemos um que já esteja montado e, ao comprar um computador, optamos por um modelo, ou seja, escolhemos um que nos agrade.
Este computador que já está montado, denomina-se "computador de grife", isto é, computador de marca como IMB, Intautec, LG, Samsung, Positivo, DELL, Sony Vaio dentre outros.

Os computadores de grife são micros montados, e geralmente uma empresa compra componentes de outras empresas e acoplam aos seus modelos, sendo assim, podemos ter um PC Samsung com uma placa-mãe Asus, e a memória principal da Kingston.
Os computadores de grife utilizam a arquitetura aberta, desenvolvida e popularizada pela IBM. Contudo, o fabricante do modelo é quem pré-determina todos os dispositivos que farão parte deste computador, sendo assim, o usuário fica vinculado ao fabricante nos futuros up-grades.

A diferença entre um computador montado e um de grife, é o suporte e garantia, que nos grifes são vantagens, contudo, não podemos configurá-los a gosto.
Os computadores de grife também saem mais caros, com a necessidade de vender seus produtos, muitas empresas lançam computadores com bons desempenho, porém, com componentes de baixa qualidade,e muitos usuário acabam sendo prejudicados, simplesmente pelo fato de comprar um computador de grife achando que é melhor.
Com a arquitetura aberta, vários fabricantes diferentes podem desenvolver seus próprios componentes, em padrões já definidos, como o padrão IBM PC, e com isso, temos uma variedade de componentes compatíveis entre si, o que dá opção de escolhas para o usuário, ou seja, podemos escolher entre vários fabricantes (marcas) e modelos dos componentes que serão utilizados na construção de nossos computadores.
A arquitetura proprietária, diferentemente da apresentada anteriormente, não permite o usuário a montar seu próprio PC, comprando peças separadamente.
Um grande exemplo é a Apple, pois só podemos usar hardwares e softwares compatíveis ao padrão MAC.


Curiosidade:

Como a própria sigla diz "PC - Personal Computer - Computador Pessoal", o usuário pode personalizar seu computador da maneira que achar melhor.


Ler também


Arquiteturas de computadores.
(Por Welinton Junior Dias)

5 comentários:

  1. empresas de arquitetura aberta
    esqueceu de colocar

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo, muito obrigado pela sugestão, isso é muito importante para nós aperfeiçoar o conteúdo do artigo para melhor.

    Podemos citar a IBM como arquitetura aberta, mas pode ficar tranquilo, estaremos atualizando o artigo e adicionando algumas empresas de arquitetura aberta, valeu mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Bem resumido mas ótima explicação valeu

    ResponderExcluir
  4. Obrigado caro amigo!
    Qualquer dúvida é só entrar em contato conosco que estaremos te ajudando! Valeu por comentar!

    ResponderExcluir

Visite nossa página de Política de comentarios antes de comentar para ter certeza de que seu comentário não será excluído! Lembre-se, assim que aprovarmos o teu comentário ele será publicado, por isso, não deixe de sempre visitar nosso blog e conferir nossa resposta ao seu comentário, abraço!