ClipaTec Informática

Receba novidades por e-mail. Digite seu e-mail abaixo e clique no botão "Cadastrar"

Delivered by FeedBurner

14 de abril de 2011

Como aplicar a pasta térmica no processador?


Já falamos sobre a evolução dos computadores em nosso site e até hoje eles não pararam de evoluir, a cada dia surge um melhor que o anterior.
A partir do momento em que os computadores passaram a executar mais instruções, passou a existir uma nova preocupação que até hoje é a mais frágil, estamos falando da questão do super aquecimento dos componentes do computador.
Em nossos artigos anteriores falamos também sobre a questão do superaquecimento que muitas vezes é provocado pelo vilão "Poeira".
Nunca é de mais quando passamos a preocupar-se com a refrigeração interna de nosso computador, pois o aquecimento pode trazer consequências indesejáveis, tais como a diminuição da vida útil dos componentes ou até mesmo a queima dos mesmos.Como o processador é o componente que mais trabalha no computador, consequentemente ele é o que mais se aquece em curto tempo,e mediante a esta questão, ele vem acoplado de um sistema de refrigeração denominado "Cooler", que nada mais é que a junção de dois componentes: Fan (conhecida também por ventoinha) e o dissipador de calor, que por sinal, auxiliam no processo de refrigeração do processador.
Apenas a presença do Cooler não o suficiente, pois ao contrário de que muitos pensam, o contato do cooler com o processador não é perfeito, sendo assim, o cooler não refrigerará o processador de forma adequada, para resolver isso, usamos uma pasta, mais conhecida por "pasta térmica" no qual sua função é aumentar a aderência entre os componentes, preenchendo as lacunas de ar e permitindo a troca de calor entre o cooler e o processador, isto é, o cooler refrigera o processador. Observe a imagem abaixo:

Hoje usar a pasta térmica é mais que uma obrigação, visto que, o processador pode atingir altas temperaturas sem a presença da mesma, diminuindo sua vida útil ou até mesmo queimando-o caso o recurso shutdown não estiver ativo (recurso que desliga o computador automaticamente quando o processador atinge sua temperatura máxima que está definida no Setup, para evitar que o mesmo se queime).
Uma pasta térmica está em torno de R$ 5,00 a R$ 70,00 sendo esta última as profissionais, compostas por prata, cerâmica, cobre, aço ou até mesmo alumínio, contudo, as simples que são compostas por silicone dão conta do recado tranquilamente, não há pra que gastar com pastas térmicas caras.
A pasta térmica pode durar até 3 anos, após isso ela pode secar devido ao calor, tornando-se inútil. Alguns técnicos dizem que é bom trocar esta pasta a cada seis meses, porém, recomendamos que troque pelo menos uma vez por ano (se não ficar tirando muito o cooler) já que a mesma pode durar 3 anos.
Antes de ensinarmos como passar a pasta térmica no processador, é preciso tomar alguns cuidados, como evitar o contato da pasta térmica com os lábios, não deve ser ingerida, retirar o processador com cuidado para não deixá-lo cair, o manuseio do mesmo deve ser feito com muita cautela, ter cuidado ao retirar o cooler para evitar quebrar os encaixes, procure antes saber a maneira correta de tirá-lo e lembre-se, não é necessário fazer força para retirar um cooler, basta encontrar a forma correta que pode variar de cooler para cooler.
Para saber como passar a pasta térmica no processador de maneira correta, assista o vídeo abaixo preparado pela equipe Baixaki e lembre-se, não passe muita pasta térmica, deve-se passar uma camada bem fina, caso contrário ela poderá ter o efeito contrário, aquecendo mais ao invés de refrigerar. Se você não possui conhecimentos, peça ajuda a um técnico profissional qualificado e não se esqueça de retirar a energia estática do corpo antes de tocar nos contatos do processador.




Referência


Ler Também

(Por ClipaTec Informática)

2 comentários:

  1. Já passei a pasta térmica três vezes e mesmo assim o computador reinicia ao iniciar o Windows. Por que?

    ResponderExcluir
  2. Olá caro amigo, neste caso não se trata de problema em Hardware.
    Por sua descrição, o mais provável é que seja um vírus de boot. Tente formatar seu PC.

    ResponderExcluir

Visite nossa página de Política de comentarios antes de comentar para ter certeza de que seu comentário não será excluído! Lembre-se, assim que aprovarmos o teu comentário ele será publicado, por isso, não deixe de sempre visitar nosso blog e conferir nossa resposta ao seu comentário, abraço!