ClipaTec Informática

Receba novidades por e-mail. Digite seu e-mail abaixo e clique no botão "Cadastrar"

Delivered by FeedBurner

7 de maio de 2011

Dispositivos de proteção

Quando se trata de energia e de equipamentos ligados à rede elétrica,  telefônica, serviços fornecidos por cabo coaxial, etc, devemos pensar na proteção destes equipamentos, pois são vítimas de picos e/ou quedas de energia, descarga de raios que podem atingir o equipamento através do cabo, um exemplo é a internet Via Rádio que se dispõe de um cabo coaxial, enfim, temos que pensar em uma forma de proteger estes equipamentos destes acontecimentos.
Pensando nisso, cria-se então os dispositivos de proteção, que como já está bem evidente, são componentes que evitam a queima ou danificação dos equipamentos, ou seja, eles bloqueiam o fluxo de energia caso a tensão aumente mais que o normal, um exemplo relevante seria o filtro de linha (fusível). São eles:

Filtros de linha

Um equipamento muito simples e que trabalha de forma simples também, funciona por meio de fusível que é ligado entre as tomadas e a fonte de energia.
Quando a corrente aumenta, ultrapassando o limite, o fusível queima, impedindo a queima dos equipamentos ligados no filtro, e até mesmo impedindo a queima do filtro.A partir do momento em que o fusível, a corrente elétrica é impedida de chegar até o equipamento, ou seja, ele corta o fluxo de energia.
Filtro de linha com suporte para
cabo coaxial e de rede
Muitos pensam que o filtro de linha queimou, mas na verdade apenas o fusível que queima, para continuar a usar, basta trocar o fusível que você encontra em qualquer loja de informática por um preço que varia de R$ 0,50 a R$ 1,00.
Existem alguns modelos de filtros de linha que possuem conexão para cabo coaxial e telefônico.
Importante: se o computador for desligado bruscamente, todos os dados não salvos serão perdidos.
Filtro de linha comum para equipamentos







Muitos usuários não se importam com isso, mas vale ressaltar que, é bem melhor gastar um pouquinho e manter seu computador seguro do que não gastar nada e perder seu computador com todos seus arquivos que é bem mais caro.


Estabilizador

As voltagens da energia elétrica variam constantemente podendo causar falhas nos equipamentos podendo até diminuir sua vida útil.
Quando dizemos que temos uma tomada de 110v, estamos referindo à média de energia fornecida por este dispositivo, porém, esta tensão pode variar como dito anteriormente entre 108, 111 a 120, 127 volts, observando isso surge a necessidade de criar algum dispositivo que normalizasse esta tensão, e assim surgiu o estabilizador, ou seja, usamos ele para normalizar a tensão.
No mercado temos vários modelos e marcas de estabilizador com potências de 300VA, 400VA, 1000VA, 2000VA, etc.
Importante: temos que tomar cuidado com a potência do estabilizador, pois a potência dele representa a quantidade que consegue alimentar, por isso, antes de comprar um estabilizador, pense em quais os equipamentos que serão ligados nele.
Para descobrir a capacidade do estabilizador em Watts temos que multiplicar a potência em VA do estabilizador pelo fator de Potência "W=VA x FP".
Cada equipamento possui seu fator de potência, este fator vem descrito no manual do mesmo.
Suponhamos que um equipamento possui um fator de potência de 0.66 (2/3), um estabilizador de 300VA conseguiria alimentar aparelhos cujo consumo somado não ultrapassasse 198 Watts, pois (W=300 x 0.66 = 198).
Recapitulando, quando for comprar um estabilizador, some o fator de potência de cada equipamento que será ligado no mesmo e multiplique pela potência do estabilizador.

No-break

A função do No-break é idêntica ao estabilizador, porém, possui uma funcionalidade a mais, a carga de energia armazenada.
Outro fator que ocorre bastante em uma rede elétrica é a queda de energia, algo frustrante para qualquer usuário principalmente quando estamos jogando, passando uma fase importante, ou quando estamos fazendo alguma pesquisa, trabalho, lendo e-mails, enfim, é horrível quando ocorre uma falta de energia ou queda.
O pior, é que a queda pode danificar tanto os programas do computador em especial o Sistema Operacional quanto os componentes do computador podendo até queimá-los.
Por isso surgiu a necessidade de criar um componente que resolvesse este problema, cria-se então o no-break.
Um computador servidor por exemplo não pode parar, ele deve ficar ligado o tempo todo, para isso, o uso do no-break torna-se uma obrigação.
Quando ocorre uma falha de energia, o no-break mantém o abastecimento por meio de sua bateria até que a energia volte o computador seja desligado, evitando que o computador ou o equipamento desligue abruptamente.
Importante: deve-se observar por quanto tempo tal estabilizador abastecerá que pode varia de 5 minutos a 3 horas caso a falta de energia seja longa, pois ao acabar sua carga, o computador ou o equipamento será desligado.
Quanto mais tempo ele abastecer, mais caro é seu preço.
Existem também os no-breaks inteligentes que possui uma interface de comunicação no qual consegue comunicar-se com um software e definir um desligamento automático.
(Por ClipaTec Informática)

1 comentários:

  1. Entrar no site: http://pt.wix.com/ para criar layout e desing para nossa nova vesão do Junior's Informátci's Templates!

    por welinton

    ResponderExcluir

Visite nossa página de Política de comentarios antes de comentar para ter certeza de que seu comentário não será excluído! Lembre-se, assim que aprovarmos o teu comentário ele será publicado, por isso, não deixe de sempre visitar nosso blog e conferir nossa resposta ao seu comentário, abraço!