ClipaTec Informática

Receba novidades por e-mail. Digite seu e-mail abaixo e clique no botão "Cadastrar"

Delivered by FeedBurner

3 de dezembro de 2011

IPv6, a nova geração de Protocolo

O IPv6 é a nova versão do protocolo IP.

Olá galera, neste artigo vamos entender um pouco mais sobre esta nova e tão comentada geração de IP.
Para que aconteça a comunicação entre os milhares de computadores pelo mundo é necessário ter algo que faça esta comunicação, ou melhor, que permite esta comunicação, superficialmente explicando, uma língua que permite os computadores conversarem entre si, sendo esta língua a mesma, isso é o que chamamos de protocolo de comunicação.
Vale ressaltar que cada host (computador na rede) precisa de um endereço único que o difere dos demais, essa é a função do IP (Internet Protocol).
Durante os últimos 30 anos a internet tem se propagado e ganhado espaço entre as empresas e usuários.
Devido os endereços IPs de 32 bits (2^32 - dois elevado à segunda potência), aproximadamente 4,3 bilhões de combinações estarem acabando, e cada vez mais, aumenta-se o números de pessoas com acesso à internet, surge a necessidade de uma nova versão que permitirá uma quantidade maior de combinações, então nasce a geração IPv6, em comparação ao IPv4 que possuem endereços IPs de 32 bits, o IPv6 possui endereçamento IPs de 128 bits (2^128).
Por enquanto o IPv6 funcionará ao lado do IPv4, o que chamamos de "dual stack - pilha dupla", contudo, a intenção é fazer com que todos os IPv4 sejam substituídos pelo IPv6, acompanhando a futura geração.
O protocolo IPv6 está sendo implantado gradativamente na internet.
Entendendo melhor o motivo pelo qual o IPv4 acabou, é justamente pelo fato da internet não ter sido projetada para uso amplo, inicialmente na década de 80, a ideia central um sistema de comunicação ente centro de pesquisas, ela poderia ser considerada uma rede acadêmica, ou seja, interligava poucas centenas de computadores, porém, com o avanço crescente de usuário com acesso à internet, isto é, com o uso mais amplo da internet, "ficou claro que o número máximo de IP poderia ser atingido futuramente", e a partir desta percepção o projeto IPng (Internet Protocol next generation) deu a origem ao IPv6, uma vez que, as combinações de IPs IPv4 acabariam.
A necessidade foi o fator "X" da implantação do IPv6, imagine futuramente: quantos dispositivos vão surgir e que vão ter acesso à internet. Então a implantação do IPv6 nos faz pensar nesta questão também, visto que, teremos uma infinidade de meios que estarão conectados na internet, sendo que cada um possui seu endereço IP.
E mais, a tendência é tudo estar conectado na internet, desde mercados (comércios), empresas, ambientes acadêmicos até usuários e a casa (aparelhos domésticos e eletrônicos).
Uns dos motivos que promoveram a quantidade de pessoas conectadas na internet é a inclusão digital, as redes 3G, etc.
Só vai faltar o Brasil investir na internet para chegarmos no 1 GB por segundo assim como nos países desenvolvidos, e reduzir o preço, pois, além de lenta tem um custo muito alto.
Exemplo de IPv4: 189.34.242.229.Exemplo de IPv6: FEDC:2D9D:DC28:7654:3210:FC57:D4C8:1FFF.
Resumindo, pelo motivo do esgotamento do IPv4, isto é, a necessidade de obter novos endereços IPs originou a necessidade da implantação do IPv6.
Com o desenvolvimento do IPv6, a internet ganhou uma nova visão, ou seja, tornou-se uma inovação tecnológica no qual proporcionará maior performance, segurança, combinações endereço IPs dentre outros benefícios.

Referência:

Info Wester: O que é IPv6?

Ler também:


(Por Welinton Junior Dias)

0 comentários:

Postar um comentário

Visite nossa página de Política de comentarios antes de comentar para ter certeza de que seu comentário não será excluído! Lembre-se, assim que aprovarmos o teu comentário ele será publicado, por isso, não deixe de sempre visitar nosso blog e conferir nossa resposta ao seu comentário, abraço!