ClipaTec Informática

Receba novidades por e-mail. Digite seu e-mail abaixo e clique no botão "Cadastrar"

Delivered by FeedBurner

26 de janeiro de 2015

Algumas vantagens da orientação a objetos

poo
Salve galera. Quando entramos no mundo de desenvolvimento de software, muito se ouve falar em programação orientada a objeto, este grande paradigma que vem sendo adotado cada vez mais pelas equipes de programação.
Apesar de ser muito citada atualmente, este paradigma surgiu na década de 60, ou seja, não é tão novo assim, porém, é neste século que ele vem ganhando cada vez mais espaço.
Neste artigo, vamos falar
brevemente sobre algumas vantagens e objetivos do paradigma de programação orientada a objetos, e a partir disso, você analisa se lhe convém ou não usá-la no desenvolvimento de seus projetos.
A programação orientada a objetos visa o desenvolvimento de software com as seguintes características: confiável, reutilizável, manutenível e extensível.

Confiável

Um software útil, precisa ser confiável, e um programa orientado a objeto, quando bem projetado e escrito cuidadosamente se torna confiável.
"A natureza modular dos objetos permite que você faça alterações em uma parte de seu programa, sem afetar outras partes". A orientação a objetos permite que você isole o conhecimento e responsabilidade em relação ao objeto por meio de testes aprimorados, sendo assim, você consegue testar cada componente independentemente, e após isso, utilizá-lo com confiança.

Reutilizável

A reutilização é um dos principais pilares da programação orientada a objetos, a ideia se define na criação de algoritmos ou módulos do sistema que poderão ser reutilizados em outras soluções ou local.
Muitos programadores ainda insistem em reinventar a roda. Você não vê um construtor reinventar um novo tipo de tijolo a cada nova construção, ou seja, qualquer casa que será construída, utiliza-se do mesmo tijolo, ele serve para qualquer casa. A orientação a objetos, trás esta análise do mundo real para o desenvolvimento de sistemas, isto quer dizer que, uma vez que um determinado problema foi resolvido, a solução deverá ser reutilizada, com isso, ganhamos tempo.
Podemos reutilizar classes, objetos, módulos já criados anteriormente, visto que, muitos sistemas trabalham com os mesmos tipos de objetos, pois, a POO (Programação Orientada a Objetos) possui o conceito de herança que permite estender o objeto e o polimorfismo para escrever código genérico.
Obviamente que este não é um trabalho fácil, quando desenvolvemos pensando em genérico, há uma grande exigência em relação à concentração e atenção à abstração.

Manutenível

Todo software tem o ciclo de vida, isto significa que, você manterá seu código, e grande parte do tempo gasto em um programa, é na manutenção, estima-se de 60% a 80% do tempo, ou seja, a manutenção do código leva a maior parte do tempo.
Quando o software é orientado a objetos e projetado de forma correta, a manutenção fica mais tranquila, e novamente ganhamos mais tempo para o desenvolvimento, porque devido a transparência na implementação, você corrige o problema em um lugar e todas as outras partes envolvidas serão beneficiadas.

Extensível

Um software para permanecer útil, deve sofrer alterações, sejam elas para correções ou inclusões de novos recursos que muitas vezes os próprio usuário pedem.
A OO (Orientação a Objetos) dispõe de vários recursos que facilitam neste quesito, sendo assim, quando você cria seus objetos, estes recursos estão a sua disposição para estender o código, e alguns destes recursos são a herança, polimorfismo, sobreposição, delegação entre outros.

Conclusão

Bom, estas são algumas das vantagens da POO que citamos pra você, e concluímos dizendo que, a POO diminui o tempo utilizado no ciclo de desenvolvimento, fornecendo software confiável, reutilizável e fácil de ser estendido.
O processo natural simplifica a interpretação e implementação de sistemas complexos, além disso, a POO permite fragmentar o desenvolvimento, vários programadores podem trabalhar nas classes independentemente.
É importante ressaltar que muitos confundem a POO com uma linguagem de programação, mas na verdade é um paradigma de desenvolvimento, ou uma filosofia de desenvolvimento.
Muitos infelizmente não compreendem ou não aprendem realmente como usá-la, e acabam se frustrando com a tecnologia OO e até mesmo culpando-a. É necessário um bom treinamento para entendê-la, só assim você perceberá o quão importante é o desenvolvimento OO.
Um forte abraço a todos e até o próximo.

Recomendamos que leia:
(Por ClipaTec Informática)

0 comentários:

Postar um comentário

Visite nossa página de Política de comentarios antes de comentar para ter certeza de que seu comentário não será excluído! Lembre-se, assim que aprovarmos o teu comentário ele será publicado, por isso, não deixe de sempre visitar nosso blog e conferir nossa resposta ao seu comentário, abraço!