ClipaTec Informática

Receba novidades por e-mail. Digite seu e-mail abaixo e clique no botão "Cadastrar"

Delivered by FeedBurner

9 de outubro de 2012

Estrutura de organização dos diretórios no Linux

linux
Olá pessoal, tudo bem com vocês!
Meu objetivo neste artigo é apenas apresentar como é a estrutura de organização dos diretórios no Linux.
Foi-se o tempo em que o Linux era simplesmente um S.O. comentado entre os "caras" da informática, hoje e cada dia ele está mais presente e popular no mundo todo, sendo o sistema mais utilizado na construção de servidores com altos níveis de segurança.
O principal diferencial do Linux é exatamente isso, sua segurança e desempenho.
O Linux é projetado para rodar tanto em máquinas com bastante poder de processamento como em máquinas com configurações mínimas e baixo poder de processamento.
Não sou aquele profissional que apedreja o Windows, afinal, ele sempre foi e é um sistema muito útil pra mim, porém, se tratando de servidores, sem dúvidas o Linux é minha preferência.
Hoje existem várias distribuições Linux com uma grande facilidade de uso por meio de interface gráfica, sendo uma das mais usadas, o Linux Ubuntu, baseado no Debian.
Eu particularmente uso tanto o Windows como o Linux, porque muitas ferramentas que eu uso ainda não tem suporte para Linux.
Falei demais, agora vamos ao conteúdo deste artigo.
Os diretórios no Linux são organizados de uma forma mais complexas se comparando aos S.O comerciais existentes.
A estrutura de organização dos diretórios do Linux se assemelha a uma árvore de cabeça para baixo, note:
diretorios linux













No topo temos o diretório raiz (root), e abaixo dele, temos os diretórios do sistema e assim vai sucessivamente.
Os principais diretórios do Linux são:

/ : diretório raiz do sistema;
/home : diretório que armazena os arquivos dos usuários do sistema;
/root : diretório que armazena os arquivos do super-usuário (root);
/boot : contém o Kernel (núcleo do sistema) e todos arquivos necessários para a inicialização do sistema;
/bin : local onde estão os aplicativos do sistema;
/sbin : local onde estão as ferramentas de configuração e manutenção do sistema;
/lib : possui as bibliotecas compartilhadas e os módulos do kernel;
/dev : local que contém os dispositivos do sistema;
/etc : contém os arquivos de configuração do sistema;
/tmp : diretório que possui arquivos temporários de aplicações;
/media : local reservado para montagem de dispositivos;
/proc : local com informações sobre os processos em execução;
/usr : diretório que possui os programas de usuários;
/var : possui arquivos de dados variáveis, ex: logs, spool, etc;
/opt : diretório utilizado para instalação de aplicações de terceiros;

É essencial ter essa estrutura em mente e o que cada uma possui, talvez para um usuário comum que não possui muitos conhecimento não, mas pra você que deseja explorar o sistema e administrar sistemas e redes GNU/Linux é vital.
Volto com outros artigos e com tutoriais pra gente brincar um pouco com o Linux. Até lá.

(Por Welinton Junior Dias)

0 comentários:

Postar um comentário

Visite nossa página de Política de comentarios antes de comentar para ter certeza de que seu comentário não será excluído! Lembre-se, assim que aprovarmos o teu comentário ele será publicado, por isso, não deixe de sempre visitar nosso blog e conferir nossa resposta ao seu comentário, abraço!