ClipaTec Informática

Receba novidades por e-mail. Digite seu e-mail abaixo e clique no botão "Cadastrar"

Delivered by FeedBurner

4 de novembro de 2012

O que é DDL, DML e DCL?

sql dml ddl dcl
Salve, salve galera!
Então, quem já não se perguntou o que é DDL, DML e DCL? Não é tudo SQL? Que p###a é essa?
Ok, a ClipaTec buscou uma forma bem simples de explicar pra você toda essa parafernália.
A linguagem SQL são organizados e agrupados da seguinte forma:

- Comandos de definição de dados;
- Comandos de manipulação de dados;
- Comandos de controle de dados.

São os DDL,DML e DCL respectivamente. Tá, mas vamos entender o que é cada grupo desse.

DDL

Quando criamos um banco de dados 'Create database....' inicialmente ele está vazio, ou seja, não conseguimos consultar, alterar, inserir e muito menos excluir alguma coisa, pois não existe nenhuma estrutura criada. Então se não tem nada, vamos consultar, alterar, inserir ou excluir o que? Na onde? Compreendes?
Temos que ter uma estrutura pra podermos executar tais ações, isto é, precisamos definir onde e como as informações serão gravadas dentro de um banco novo criado.
Pra isso criamos quem? O que?
Pra isso criamos as tabelas do banco, com seus campos e cada campo com seu tipo, a chave primária, chaves estrangeiras, views, procedures, etc.
Ou seja, estamos definindo a estrutura do nosso banco? Está claro? Se tiver escuro, comenta aí que nós ajudamos a esclarecer isso aí...(risos)...vocês entenderam né? Qualquer dúvida, só comentar.
Então, para criar e definir a estrutura da nossa base de dados, usamos os comandos de definição de dados, o que chamamos de DDL.
São eles: alter, drop, create, etc, ou seja, os comandos que definirão como as informações serão gravadas e organizadas no banco.
Exemplos de comandos DDL que você já está "careca" de usar:

sql dml ddl dcl












DML

Pois bem, agora ficou fácil de entender os demais. Após termos utilizado os comandos DDL, agora podemos manipular os dados, para tal, usamos os comandos de manipulação de dados que chamamos de DML.
São eles: Insert, Update, Delete e Select. Há quem diga que o Select faz parte de um terceiro grupo: DQL (Data Query Language - Linguagem de Consulta). Enfim, o importante é o que importa.
Exemplos de comandos DML

sql dml ddl dcl













DCL

Após termos criado o banco com a linguagem DDL, manipulado com a linguagem DML, agora temos que definir quem terá acesso ao banco para que haja um controle dos dados, proporcionando a segurança do seu banco.
Dois comandos fortemente usados são o Grant e Revoke.
Vejamos alguns exemplos:

sql dml ddl dcl








Referência


(Por ClipaTec Informática)

0 comentários:

Postar um comentário

Visite nossa página de Política de comentarios antes de comentar para ter certeza de que seu comentário não será excluído! Lembre-se, assim que aprovarmos o teu comentário ele será publicado, por isso, não deixe de sempre visitar nosso blog e conferir nossa resposta ao seu comentário, abraço!