ClipaTec Informática

Receba novidades por e-mail. Digite seu e-mail abaixo e clique no botão "Cadastrar"

Delivered by FeedBurner

27 de fevereiro de 2018

Delphi: Métodos e Parâmetros

delphi metodos parametros

Métodos

Um software, resumidamente falando, nada mais é que um aglomerado de instruções que quando executadas, apresentam a solução para um determinado problema que está sendo processado. Digamos que o problema seja informatizar uma fixa de cadastro de cliente, o software irá fornecer meios para capturar tais dados, que serão processados e armazenados de forma inteligente e organizada, sendo possíveis serem recuperados com facilidade posteriormente.

As linguagens de programação, oferecem meios para gerar estas instruções, é o que chamamos de métodos ou rotinas. Os métodos nada mais são que as instruções que compõem um sistema.
Basicamente, existem dois tipos de métodos, aquele que processa os dados e gera um retorno deste processamento, para que este retorno seja utilizado para outra finalidade, por exemplo, um determinado método calcula um desconto que foi aplicado em uma venda por meio de uma porcentagem, e retorna este valor para ser subtraído do valor total da venda, então note que neste caso, o método devolveu um valor, que foi utilizado em outro método, o método que calcularia o valor final a ser pago pelo cliente.


Existe também, o método que não gera um retorno, ele simplesmente processa os dados e não há a necessidade de gerar um retorno.
Cada linguagem tem sua forma de diferenciar estes dois tipos de métodos, isto é, o que retorna e o que não retorna. No Java, estes métodos são diferenciados pela presença ou ausência da palavra "void" na assinatura do método. Quando um método é void, significa que ele não retorna nenhuma informação, caso contrário, o método gera um retorno.


No Delphi, a diferenciação entre estes métodos, está nas palavras "function" e "procedure". Ao declarar um método no Delphi, em sua assinatura, esta especificação é o primeiro elemento, ou seja, é necessário definir primeiramente se o método retorna alguma informação "function" ou não "procedure". Exemplo:

procedure ConfigurarPerfilUsuario;


No exemplo acima, temos um método que não retorna nenhuma informação, sabemos disso porque ele inicia com a palavra "procedure", logo, uma procedure, é um método que não retorna informação. Agora veja o seguinte exemplo:


function GravarCliente: Boolean;

Já neste caso, temos um método que retorna alguma informação, pois, ele inicia com a palavra "function", logo, uma function, é um método que retorna uma informação.

No Java, um método que retorna informação, este retorno é definido pelo comando "return", já no Delphi, pelo comando "Result". Obrigatoriamente, o valor a ser retornado, deve ser do mesmo tipo indicado na assinatura do método. Ainda utilizando o exemplo acima da function "GravarCliente", note que em sua assinatura, estamos dizendo que o retorno dela é do tipo booleano (Boolean) (True/False - Verdadeiro/Falso). No Delphi, o tipo de retorno é o último elemento na assinatura do método.

Parâmetros


As vezes, para que os dados sejam processados, os métodos precisam de alguns valores de entrada, estes valores são passados no momento em que chamamos o método.
Na assinatura de um método, podemos definir o que chamamos de parâmetros, podendo ser um ou vários. Exemplo:



procedure AplicarCreditoCliente(iCodigoCliente: Integer; nValorCredito: Real);

No exemplo acima, temos um método que vai adicionar a um determinado cliente um valor de crédito, então, eu preciso dizer quem é este cliente e qual o valor do crédito, então, passamos para o método estes dois valores de entrada para que o processamento seja realizado. Então, temos um método com dois parâmetros.
No Delphi, um parâmetro deve ter nome seguido do tipo de dados que o mesmo vai receber:


procedure CalcularIdade(dDataNascimento: TDate);


No exemplo acima, temos um parâmetro chamado "dDataNascimento", e seu tipo é "TDate", ou seja, é necessário passar um valor de entrada do tipo data como parâmetro para o método.
Quando temos mais de um parâmetro, separamos por ";" (ponto e vírgula), todos os parâmetros devem ter nome seguido do tipo, como vimos no exemplo acima do método "AplicarCreditoCliente". Exemplo: 

procedure NomeDoMetodo(sParametro1: string; iParametro2: Integer; nParametro3:Real);



Quando temos mais de um parâmetro do mesmo tipo, podemos separá-los por "," (vírgula), definindo o tipo após o último, exemplo:

function AlterarLancamento(iCodigo: Integer; nValor, nMulta, nJuros: Real): Boolean;

Os parâmetros "nValor, nMulta e nJuros", por serem do mesmo tipo, foram separados por "," e somente após o último foi definido o tipo deles, mas, nada impede de você passar o tipo para cada um separadamente:

function AlterarLancamento(iCodigo: Integer; nValor: Real; nMulta: Real; nJuros: Real): Boolean;


Podemos também, definir um valor padrão para um parâmetro, caso o mesmo não seja passado no momento em que for chamado. Mas deve-se tomar muito cuidado com isso, este tipo de parâmetro se torna opcional e deve ser o último na assinatura do método, e no máximo um. Exemplo:


procedure GerarChaveLiberacaoSistema(iCodigoCliente: Integer; bMensal: Boolean = True);

Note que o último parâmetro "bMensal" já possui um valor padrão definido no método, sendo este, True, ou seja, este parâmetro agora é opcional, então, no momento em que o mesmo for chamado, o compilador Delphi não vai obrigar passar um valor de entrada para ele, pois, caso não exista este valor, ele assumirá o valor True por padrão.



Conclusão


Todo software é composto por métodos, que são declarações em blocos independentes, que podem ser chamados a partir de locais diferentes. Os métodos são capazes de processar dados, tomar decisões, gerar resultados com a finalidade de solucionar os problemas propostos. Existem métodos que dentro deles, fazem chamadas a outros métodos que também fazem chamadas a outros, e assim sucessivamente, formando um aninhamento de métodos. Também, existem métodos recursivos, ou seja, que chamam a si mesmos em determinadas situações. Existem parâmetros variáveis e constantes, mas tudo isso serão assuntos para um outro artigo, meu objetivo aqui, foi apenas dar uma introdução no conceito de método principalmente usando o Delphi como linguagem de programação. Até o próximo, um grande abraço.

(Por Welinton J. Dias)

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conforme o item 6 da nossa política de comentários, seu comentário foi excluído por conter um link ao qual desconhecemos. Gratos pela compreensão. Abraço.
      https://www.clipatecinformatica.com.br/p/pol-de-comentarios.html

      Excluir

Visite nossa página de Política de comentarios antes de comentar para ter certeza de que seu comentário não será excluído! Lembre-se, assim que aprovarmos o teu comentário ele será publicado, por isso, não deixe de sempre visitar nosso blog e conferir nossa resposta ao seu comentário, abraço!