ClipaTec Informática

Receba novidades por e-mail. Digite seu e-mail abaixo e clique no botão "Cadastrar"

Delivered by FeedBurner

22 de agosto de 2018

Loop "Para ate Faca": Exercício Tabuada

loop laço para ate faca tabuada

Olá minha gente. Agora que já conhecemos as estruturas de repetição vamos praticar neste artigo, a estrutura de repetição "para ate faca", que é um laço iterativo. O exercício que vamos praticar, é bem simples e muito utilizado dentro dos ambientes acadêmicos, no qual, vamos desenvolver um algoritmo que entre com um determinado número que será informado pelo usuário, e em seguida, imprimimos na tela a tabuada do número digitado.

Utilizaremos o laço "para ate faca" para montar esta tabuada. A lógica é bem simples. O algoritmo será escrito em pseudocódigo (portugol) e a ferramenta didática utilizada para execução do mesmo será o visualg. O link para download se encontra no final do artigo.
Antes de iniciarmos o algoritmo, é importante ressaltar que, o laço para ate faca é um laço iterativo, que sabe o momento de parar por já ter definido a quantidade de vezes que um determinado trecho de código será repetido. Mas como ele vai controlar a quantidade de repetições que já foram realizadas? Por meio da variável de controle. Normalmente, chamamos esta variável de "I, J, K, Cont, Contador ou Controle", mas isso pouco importa, você pode dar o nome que você preferir, o que importa, é que esta variável seja do tipo inteiro, pois ela, será responsável por contar, controlar, a quantidade de repetições do laço. Deve ser inteiro porque não existe "meia repetição", então, jamais esta variável de controle pode ser do tipo real por exemplo. A cada repetição, esta variável de controle recebe um incremento de 1 (um) por padrão, ou seja, a variável de controle vai somando 1 (um) a cada iteração, até chegar no valor limite definido. Ao chegar no valor limite, o laço encerra a repetição, e o algoritmo segue executando as próximas linhas, caso haja.
O incremento pode ser definido no laço, caso não seja definido, por padrão é um, mas você pode dizer que o incremento seja de dois, três, etc. Agora vamos praticar. Analisando a proposta do exercício, o algoritmo precisa saber de qual número ele exibirá a tabuada, esta entrada de dados, será definida pelo usuário, então, o algoritmo deve solicitar ao usuário qual é este número. Neste exemplo, vamos trabalhar com tabuadas de números inteiro apenas.
Após o usuário informar o número que ele deseja imprimir a tabuada, o algoritmo deve guardar este número dentro de uma variável para ser utilizado posteriormente, então, vamos criar uma variável chamada "Numero" do tipo inteiro que armazenará o número digitado pelo usuário.
Como utilizaremos o laço para ate faca, então precisamos criar uma variável de controle, vamos chamá-la de "I", do tipo inteiro.
Agora pare, e pense, precisamos multiplicar o número digitado por zero, depois por um, dois até dez e mostrar o resultado de cada multiplicação.
Com base nisso, precisamos criar uma variável que irá calcular estas multiplicações, então, criaremos mais uma variável do tipo inteiro com o nome "Mult". Lembrando que o nome pode ser qualquer um de sua preferência, a minha dica é, sempre procure usar nomes bem claros e objetivos, para que, quando você olhar o algoritmo, você já consiga lembrar pra que server cada uma delas.

Agora vem a mágica do laço para ate faca, como precisamos multiplicar o número pela sequência de zero até dez, então já podemos notar que o laço para ate faca será propício, ele iniciará com zero e vai se repetir até dez, incrementando um a cada repetição, e dentro de cada repetição já calculamos a multiplicação e exibimos para o usuário. Fácil né? Segue o algoritmo:

Algoritmo "Tabuada"
// declaracao de variaveis
Var
   Numero, Mult, I: inteiro
Inicio
// ler numero digitado pelo usuario
   escreval("Informe a tabuada a ser exibida:")
   leia(Numero)
// multiplicar numero pela sequencia de zero ate dez
   para I de 0 ate 10 faca
      Mult <- -="" font="" i="" numero="">
      escreval(Numero, " X ", I, " = ", Mult)
   fimpara
Fimalgoritmo

Muito bem, como podemos observar, a cada repetição, a variável "Mult" lê o número digitado pelo usuário e multiplica por "I", sendo que, na primeira repetição o valor de "I" é zero, na próxima é um e assim sucessivamente até dez, em seguida, já imprimimos o resultado para o usuário. No final da execução, teremos a tabuada montada.
Qualquer dúvida, deixe seu comentário. Até o próximo.

Download

- Interpretado e editor de algoritmos VISUALG;

(Por Welinton Dias)

0 comentários:

Postar um comentário

Visite nossa página de Política de comentarios antes de comentar para ter certeza de que seu comentário não será excluído! Lembre-se, assim que aprovarmos o teu comentário ele será publicado, por isso, não deixe de sempre visitar nosso blog e conferir nossa resposta ao seu comentário, abraço!